domingo, 31 de julho de 2011

Ruínas do Castelo de Montemor-o-Novo

Ruínas do Castelo de Montemor-o-Novo.
Autor David Freitas
Data Fotografia 1960 - 1970
Legenda Ruínas do Castelo de Montemor-o-Novo
Cota DFT4478 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Vista geral da Fortificação de Estremoz


Vista geral da Fortificação de Estremoz, vendo-se, ao fundo, a Torre de Menagem do Castelo.Autor David Freitas Data Fotografia 1975 ant. - Legenda Vista geral da Fortificação de Estremoz Cota DFT4565 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Cancioneiro Alentejano - Ao Romper da Bela Aurora (Sai o pastor da choupana)

Ser pobre não é defeito
Ser rico não é fineza
Tudo é trabalho feito
Pela lei da natureza


Ao romper da bela aurora
Sai o pastor da cabana
Vem gritando em altas vozes
Muito padece quem ama


Muito padece quem ama
Mais padece quem adora
Sai o pastor da cabana
Ao romper da bela aurora


Quando eu não tinha dava
Agora tenho e não dou
Vai pedir a quem não tem
Que eu em não tendo te dou


Ao romper da bela aurora
Sai o pastor da cabana
Vem gritando em altas vozes
Etc.

sábado, 23 de julho de 2011

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Convento dos Capuchos, em Vila Viçosa

"Morte de São Francisco de Assis" (conjunto de terracota polícroma), na Capela de Nossa Senhora da Piedade no Convento dos Capuchos, em Vila Viçosa. Esta imagem está publicada no Inventário Artístico de Portugal de Túlio Espanca (Distrito de Évora, Zona Sul, Volume II, est. 526).Autor David Freitas Data Fotografia 1978 ant. - Legenda Convento dos Capuchos, em Vila Viçosa Cota DFT4618.1 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

terça-feira, 19 de julho de 2011

Sacristia da Ig. do Calvário em Montemor-o-Novo

Aspecto parcial da sacristia da Igreja do Calvário em Montemor-o-Novo. Esta imagem está publicada no Inventário Artístico de Portugal de Túlio Espanca (Distrito de Évora, Zona Norte, Volume II).Autor David Freitas Data Fotografia 1975 ant. - Legenda Sacristia da Ig. do Calvário em Montemor-o-Novo Cota DFT496.1 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Cancioneiro Alentejano - Ao Romper da Bela Aurora (Ouvem-se os galos cantar)

Os olhos do meu amor
Não são olhos, são olhões
Andam acesos no mar
Parecem dois lampiões
Ouvem-se os galos cantar
Ao romper da madrugada
Já são horas d’acordar
Levanta-te ó minha amada


Levanta-te ó minha amada
Vem á janela espreitar
Ao romper da madrugada
Ouvem-se os galos cantar


As estrelas do céu correm
Todas numa carreirinha
Também os amores correm
Da tua mão para a minha


Ouvem-se os galos cantar
Ao romper da madrugada
Etc.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Castelo de Evoramonte

Autor David Freitas Data Fotografia 1960 - 1975 Legenda Castelo de Evoramonte Cota DFT701 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

sábado, 9 de julho de 2011

Sala do Capítulo do Cv. Nª Sª Saudação

Sala do Capítulo do Convento de Nossa Senhora da Saudação, em Montemor-o-Novo. Esta imagem está publicada no Inventário Artístico de Portugal de Túlio Espanca (Distrito de Évora, Zona Norte, Volume II).Autor David Freitas Data Fotografia 1975 ant. - Legenda Sala do Capítulo do Cv. Nª Sª Saudação Cota DFT513 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

terça-feira, 5 de julho de 2011

Cancioneiro Alentejano - Alentejo, Alentejo (Terra sagrada do pão)

Eu sou devedor à Terra
A Terra me ‘stá devendo
Eu sou devedor à Terra
A Terra me ‘stá devendo
A Te rra paga-m’em vida
Eu pago à Terra em morrendo


Alentejo, Alentejo
Terra sagrada do pão
Eu hei-de ir ao Alentejo
Mesmo que seja no Verão
Ver o doirado do trigo
Na imensa solidão
Alentejo Alentejo
Terra sagrada do pão


Daqui para a minha terra
Tudo é caminho e chão
Daqui para a minha terra
Tudo é caminho e chão
Tudo são cravos e rosas
Dispostas por minhas mãos


Alentejo, Alentejo
Terra sagrada do pão
Etc.

domingo, 3 de julho de 2011

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Paineis de azulejos da Ig. Misericórdia, Arraiolos

Paineis de azulejos da Igreja Misericórdia de Arraiolos, representando as "Dez obras da Misericórdia", junto ao guarda-vento da entrada. Esta imagem está publicada no Inventário Artístico de Portugal de Túlio Espanca (Distrito de Évora, Zona Norte, Volume II).Autor David Freitas Data Fotografia 1975 ant. - Legenda Paineis de azulejos da Ig. Misericórdia, Arraiolos Cota DFT4461 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos