quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Cancioneiro Alentejano - Moura Linda

Linda Terra que te beija, 
O Ardila e Guadiana! 
Às outras causas inveja, 
Linda vila alentejana! 

 Ó Moura linda de graça infinda, 
Como tu outra não vi!
 Simples singela, és sempre bela,
 És sempre bela, como belo é tudo em ti!

 Os teus prados verdejantes,
 Salpicados de papoilas! 
Tornam-se mais cativantes, 
Se os mondam lindas moçoilas! 

 Ó Moura linda de graça infinda, 
Como tu outra não vi! 
Etc.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos