segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Cancioneiro Alentejano - Ó águia que vais tão alta

Os desgostos do presente,
São maiores que os do passado.
Embora estejas ausente,
Teu nome será lembrado!


Ó águia que vais tão alta,
Voando de pólo a pólo,
Leva-me ao céu onde eu tenho
A mãe que me trouxe ao colo
A mãe que me trouxe ao colo,
Ficou-me fazendo falta,
Voando de pólo a pólo,
Ó águia que vais tão alta!


Eu vi minha mãe rezando
Aos pés da Virgem Maria
Era uma Santa escutando
O que outra Santa dizia


Ó águia que vais tão alta,
Voando de pólo a pólo,
Etc.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos