domingo, 27 de outubro de 2013

Anedotas sobre Alentejanos

Estavam dois velhos Alentejanos falando sobre o mar quando a páginas tantas diz um pro outro:
- Oh home, cala-te que n’a percebes nada de mar.
Resposta pronta do outro:
- Pra tua informação, o mar morto, que é o mar morto já eu o conhecia antes dele estar doente.





Certo dia um alentejano estando aflito para arrear o calhau, preparava-se para o fazer mesmo ali atrás do coreto. Quando estava já preparado, olha pra trás, vê um escaravelho e diz-lhe de imediato:
- Ah, és guloso?! Pois já nã cago.





Estão dois alentejanos encostados a um chaparro à beira da estrada, quando passa um automóvel a grande velocidade e deixa voar uma nota de 10 contos que vai cair no outro lado da estrada. Passados cinco minutos, diz um alentejano para o outro:
- Cumpadri, se o vento muda temos o dia ganho.





Conversa entre alentejanos:
- Cumpadri, porque é que você arrancou dois dentis no mesmo dia?
- Porque o dentista não tinha troco de 10 contos.





Um cientista alentejano resolve fazer uma experiência. Pega num porco e numa lanterna, leva os dois para o topo de um prédio de quinze andares e deixa-os cair ao mesmo tempo. Repara que os dois chegam ao mesmo tempo ao chão. Sabem qual foi a conclusão a que chegou?
- Os porcos movem-se à velocidade da luz.





Um turista pergunta a um alentejano:
- Ja nasceu aqui algum grande homem?
- Na senhori. Aqui so nascem criancas!...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos