terça-feira, 9 de outubro de 2012

Cancioneiro Alentejano - Não Quero que vás à Monda

Daqui para a minha terra,
Tudo é caminho e chão!
Tudo são cravos e rosas,
Oh, meu lindo amor,
Plantadas p’la minha mão!


Não quero que vás à monda,
Nem à ribeira lavar,
Só quero que me acompanhes,
No dia em que m’eu casar!
No dia em que m’eu casar,
Hás-de ser minha madrinha,
Não quero que vás à monda,
Nem à ribeira sózinha!


Dizem que o chorar tira,
As mágoas ao coração!
Eu chorei um ano a fio,
Oh, meu lindo amor,
As mágoas inda cá estão!


Não quero que vás à monda,
Nem à ribeira lavar,
Etc.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos